Quem controla o roteiro?

Não é nenhuma novidade para ninguém que as redes sociais são um grande meio do grande público divulgar suas satisfações e insatisfações com relação a uma série, filme, etc. Foi-se o tempo que as ruas eram a voz para, por exemplo, mudar a forma como a novela das oito era “conduzida”, até mesmo os famosos fóruns de discussões.

Mas o ponto em que eu quero abordar é: até onde um fã pode se intrometer no andamento da obra? Não que eu ache ruim um palpite, uma dica, até mesmo uma crítica construtiva, mas grandes obras estão mudando seu curso para agradar a uma parcela do público e isso tem deixado a outra parte muito aborrecida porque esperava um final diferente, por exemplo. Game of Thrones, Ascensão Skywalker e até mesmo Esquadrão Suicida são bons exemplos dessa intromissão.

O público precisa entender que há uma história a ser seguida, e alterar muda todo o contexto e a forma como ela foi predestinada a ser. As últimas temporadas de GOT, por exemplo, foram muito abaixo do esperado. Quem bate o martelo hoje são os fãs, e os réus são o corpo por trás das tramas (roteiristas, diretores e produtores) que ficam a mercê de seu público. Oras, temos que nos contentar se um personagem favorito morrer!

Um ponto positivo para as críticas foi Sonic, que alteraram o visual do ouriço depois de inúmeras e inúmeras reclamações sobre a representação do personagem no filme. A empresa responsável trabalhou pesadamente para mudar o personagem no filme, e ficou impecável.

Quem tem o timão nas mãos são os fãs. Querendo ou não, as empresas precisam se adequar para seguir a maré ou ficar onde estão e morrerem na praia. Nenhuma obra ficará imune, então é preciso saber lidar com fãs mais críticos. Até o momento, reclamar dá certo, quando não der, há o boicote – ainda que este seja com baixíssima adesão.

Os fãs às vezes precisam relaxar, apreciar a obra por inteiro. Infelizmente não podemos agradar a todos, mas não custa tentar. Ou, pelo menos, sermos menos frequentadores do SAC de Twitter.

Uma mistura de Capitão América com Doutor Estranho, das casas Stark e Targaryen, aliado dos anões da Terra Média, treino pokémons insetos e nas horas vagas um lolzeiro noob.
Post criado 39

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo