Por Trás de Seus Olhos | Crítica

Por trás de seus olhos, é a nova minissérie da Netflix e desde sua estreia no dia 17 de fevereiro, tem estado no top 10 no Brasil e não é à toa.

A minissérie de 6 capítulos é uma adaptação do livro de mesmo nome, escrito por Sarah Pinborough. Com uma história envolvente e cheia de mistérios, somos apresentados a Louise, uma secretária que trabalha num consultório psiquiátrico, David um psiquiatra e à sua esposa Adele.

A trama é iniciada com o encontro não esperado entre Louise (Simone Brown) e David (Tom Bateman) em um bar. Sem saberem nenhuma informação um sobre o outro, o clima entre os personagens acaba fluindo.

Como uma boa história de mistério e suspense, a série caminha entre flashbacks e o momento atual, apresentando a história do relacionamento conturbado entre David e Adele. Durante os períodos de flashback, podemos ver a Adele mais nova onde conhece seu melhor amigo Rob (Robert Aramayo), com quem compartilha grandes e importantes segredos, fazendo com que entendamos melhor cada personagem.

O mais intrigante da série, é que a cada momento vivido pelos personagens, a trilha sonora apresentada o completa de uma forma tão envolvente, que nos faz entender exatamente cada sentimento transmitido por ele.

Falando sobre aspecto técnico, a minissérie não deixa a desejar, ela é bem elegante, com uma paleta de cores sensacionais, fotografia de tirar o fôlego, um roteiro muito bem escrito, e uma produção excepcional, principalmente, por manipular muito bem o pensamento do telespectador.

Posso dizer que quando terminei de assistir a série, pensei em todos os finais possíveis, menos o que foi apresentado e, isso foi o mais surpreendente e o que me deixou bem satisfeita. A Netflix com certeza acertou em cheio ao produzir essa obra, e ainda deixou aquele gancho para mais uma temporada, mesmo que não exista uma continuação para o livro ao qual a série foi baseada.

Nota do crítico 5,0 = excelente

O critério de notas é estabelecido da seguinte forma: 

0,0 = péssimo

1,0 = ruim

2,0 = regular 

3,0 = bom

4,0 = ótimo

5,0 = excelente

Talvez a maior fã de Rei Leão que temos aqui entre nós. Trás o equilíbrio da força em suas ideias e faz você parar para escutá-la.
Post criado 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo