Rosa e Momo | Crítica

Rosa e Momo marca a volta de Shopia Loren às telas de cinema com um papel incrível de um filme que é muito bonito.

Filmes de guerra ou que transparece consequências da guerra em sua grande maioria são bem sensíveis de assistir. No longa italiano, é contado duas histórias em conjunto, a de Rosa (Shopia Loren) e do menino Momo (Ibrahima Gueye). Rosa é uma sobrevivente do terrível e conhecido Holocausto, enquanto Momo é uma criança muçulmana que teve sua mãe morta.

Uma coisa interessante desse filme é que todos os personagens são muito bem trabalhados dramaticamente e visualmente. O papel da roteirista italiana Abril Zamora (Lola) é outro trabalho que mostra muito bem essas características. Isso mostra o ótimo trabalho do diretor Edoardo Ponti.

O roteiro adaptado levanta sobre Momo discussões muito interessantes como a percepção enganosa da mente sobre nossa vida em período de fragilidade. O personagem de Ibrahim trabalha muito bem esse ponto, e por ele ser uma criança com muitos problemas, as vezes o roteiro deixa muito explicito que tudo que ele faz é por falta de carinho e atenção.

Rosa ressalta cada vez mais que a guerra em si não acaba nunca na mente de quem viveu uma de alguma maneira. Ela vive intensamente dias se sobriedade psicológica e dias intensos de insanidade. Com o decorrer do filme ela vai encontrando um companheiro para dividir algumas opiniões em Momo, a criança que a mesma não queria em sua vida no início.

Rosa e Momo é um filme com características diferentes dos filmes com a mesma temática, que são produzidos em Hollywood. O filme italiano tem paciência e sobriedade para desenvolver dentro dele mesmo todas as narrativas importantes para fazer dele um ótimo longa e um dos favoritos ao prêmio de melhor filme em língua estrangeira.

Apesar de não ter complexidade em montagem e em outras partes técnicas, a trilha sonora e o roteiro são os pontos fortes e também capazes de mostrar que nesse caso a expressão, menos é mais, faz total sentido.


Nota do crítico: 4,0 = ótimo

O critério de notas é estabelecido da seguinte forma: 

0,0 = péssimo

1,0 = ruim

2,0 = regular 

3,0 = bom

4,0 = ótimo

5,0 = excelente

Apesar da vida ser um grande episódio de Black Mirror ela as vezes tem seus momentos de Sta Wars e fica tudo lindo!
Post criado 91

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo