Ted Lasso 1ª Temporada | Crítica

A série conta a história de Ted Lasso (Jason Sudeikis), um técnico amador de futebol americano que foi contratado por Rebecca (Hannah Waddingham) para ser um técnico de futebol da Premier League, principal liga da Inglaterra. A premissa é absurda e parece que vamos ver apenas uma série de comédia sem graça, mas não é nada disso.

Ted é um cara extremamente otimista e gentil. O time todo e os torcedores estão contra ele, não conseguem levar a sério um ianque comandando o time no campeonato. Com muito carisma e charme o personagem conquista todo mundo, inclusive o público logo de primeira. 

Ele representa todo o otimismo que vemos em filmes americanos e da própria cultura, hoje está bem desgastado. Ted consegue comprimir tudo dentro dele, toda essa cultura que você consegue realizar seus sonhos, que não importa ganhar ou perder e sim continuar tentando. Tudo que aprendemos na sessão da tarde vendo filmes de esporte. Isso que faz a série tão especial, por mais que a vida real seja cruel e difícil, precisamos de alguém falando para não desistir e se importar com você e não com a sua derrota. 

Por mais que o Técnico Lasso seja assim, não é um personagem unilateral, pelo contrário, ao decorrer da série vemos muitos lados, principalmente com o seu casamento que não anda nada bem. Além de precisar lidar com os jogadores onde ele aplica toda a filosofia que acredita, colocando sempre eles em primeiro lugar do que o resultado.

Por mais que as técnicas de Lasso sejam até um pouco infantis, elas funcionam, mas a série deixa claro que não é algo utópico como em filmes de esporte dos anos 80, eles estão sendo derrotados. A mensagem da série é justamente continuar batalhando mesmo que você esteja já na lama, isso que é delicioso acompanhar, se fosse algo fora da realidade a série perderia a magia por completo.

O humor da série vem da diferença dos Estados Unidos com a Inglaterra, diálogos rápidos e do jeito Ted. Jason Sudeikis consegue deixar o personagem num ponto perfeito entre ser um pouco bobo e atrapalhado sem que seja irritante. Inclusive, os jogadores e Rebecca mostram um lado bom por causa de seu técnico.

A Apple TV+ acerta a mão com essa comédia leve e importante para dias como os de hoje, uma comédia que tem o foco em nunca desistir e a importância de ser otimista, que isso não é uma fraqueza e sim uma das melhores qualidades que podemos ter, tentar melhorar o mundo em nossa volta não é besteira. Ultimamente vemos que para sermos fortes precisamos de um lado sombrio, mas Ted Lasso está aqui para provar o contrário.

Nota do crítico: 5,0 = excelente

O critério de notas é estabelecido da seguinte forma: 

0,0 = péssimo

1,0 = ruim

2,0 = regular 

3,0 = bom

4,0 = ótimo

5,0 = excelente

fiz cinema e eu adoro filmes de terror e sci fi, principalmente se tiver pelo menos 30 anos de idade. adoro ficar discutindo séries por horas!
Post criado 12

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo