A Longa Noite da Vigilanta

Primeiramente inicio esta review dizendo que amo RPG. Desde Chrono Trigger lá no Snes, passando por Final Fantasy do Playstation, a mecânica de missões, upgrades e inventários sempre me agradou. Vigil: The Longest Night traz essa nostalgia, com um toque sofisticado de um Dark Souls ou Bloodbourne da vida. Porém entramos numa seara de filhos […]

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo